Um Dia de Livina no Quatro Rodas Experience.

nissan-livina

Na última sexta-feira, a convite da equipe Dias de Livina, fomos passar um dia no QRX 2009, em Interlagos. Nosso transporte até o evento, foi o Livina do Cris Dias, que nos convidou, também, a dirigir o lançamento da Nissan pelas ruas de São Paulo. Exceto por este passeio, não realizei nenhum test-drive oferecido no evento, pois custavam desde R$90,00 para dirigiar um Kia Picanto até R$600,00 para dar duas voltas no banco do carona de uma Ferrari, o que desmotivou bastante. Afinal eram muitos modelos que davam vontade de experimentar. Mas outras coisas do QRX chamaram bastante a nossa atenção.

Blogueiros automotivos no QRX 2009.

Blogueiros automotivos no QRX 2009. Dia frio e chuvoso.

A direção elétrica do Livina é realmente um grande diferencial: ao mesmo tempo que é muito leve (muito mesmo), não deixa o motorista perder o tato sobre todo o carro, transmitindo sutilmente as oscilações e inclinações da pista ou da rua. Freios e câmbio mecânico extremamente precisos e motor muito silencioso. No trecho que dirigi o Livina, estávamos entre 5 blogueiros no carro e o trânsito estava intenso. Talvez por isso, não pude perceber toda a potência que o motor 1.6 oferece.

livina-mood

No trânsito, Nissan Livina superou expectativas.

Ainda no QRX, outro modelo que chamou a atenção foi o indiano Reva i, que estava exposto na versão standard. O carrinho elétrico de 2 lugares (+ 2 crianças), tem o motor de 13 kW acoplado diretamente no diferencial, sobre o eixo traseiro e autonomia de até 8o km, podendo atingir incríveis 80 km/h. A recarga das baterias que ficam sob os bancos dianteiros pode ser feita em uma tomada comum residencial e leva de 3h (80% de carga) a 8 horas (carga completa). Infelizmente, o perfil do consumidor brasileiro ainda prioriza o preço, mesmo que a relação feita seja custo/km rodado ou custo/conforto.

foto_078 foto_077 foto_076
A versão básica do indiano Reva custa cerca de US$ 37 mil, posto no Brasil. Por este preço, é possível adquirir um sedan de luxo ou uma SUV (zero km) por aqui.

Painel extremamente simples e preço extemamente alto.

Painel extremamente simples e preço ainda muito alto.

Dentre os diversos estandes do evento, as montadoras Fiat, VW, Kia, Citroën, Renault, Nissan, TAC e Yamaha marcaram presença expondo, principalmente, seus modelos top de linha.

Junto com Carlos Garcia (Mundo Veloz), Glauco Augusto (Autocustom) e Ricardo Moriel (Noticias Automotivas), Cris Dias gravou vários momentos do passeio. O vídeo que registrou nossa presença no QRX 2009 também está lá no blog Dias de Livina, que mostra o dia-a-dia do Nissan Livina no cotidiano da família do Cris. Vale a visita.

1 Comment on "Um Dia de Livina no Quatro Rodas Experience."

  1. Legal o evento hein rapaz? Mas aquele frio tava de matar…hehe

    Abs

Comente este artigo

Seu email é obrigatório, mas não será mostrado.


*