Motor Turbo. A história do turbo

Motor Turbo

Turbocompressor, superalimentador de ar, kit turbo e turbina são apenas alguns dos nomes mais utilizados para o sistema que foi inventado pelo suiço Alfred Büchi em 1905, na busca por melhorar a performance de motores a combustão interna. A primeira utilização do motor turbo foi em locomotivas à diesel e, em 1920, a companhia norte-americana General Eletric passou a aplicar a tecnologia em aviões com motores Pratt&Whitney, evidenciando o desenvolvimento de equipamentos militares.

O Motor Turbo começa a evoluir

Turbina de carro em corteA partir da década de 30, vários outros motores de aviões militares passaram a utilizar o turbocompressor, o que permitiu vôos mais altos, antes impossibilitados justamente pela falta de pressão do ar. A turbina utiliza a energia cinética oriunda dos gases de escape do motor para acionar o compressor. Esta, por sua vez, através de um eixo, transfere esta energia ao compressor localizado na admissão do motor. Ao atingir determinada rotação e carga, o compressor começa a gerar pressão positiva no coletor de admissão. Ou seja, ele aumenta a massa de ar que o motor admite por ciclo, fazendo isso ao comprimir o ar.

turbo

Entrentanto, esta compressão do ar, o faz aquecer (e muito). Com o ar quente, a densidade do oxigênio diminui. E todo a potência de um motor é gerada basicamente da mistura de combustível e oxigênio. Dado este problema, do desenvolvimento de sistemas superalimentadores criou-se o dispositivo chamado de “Intercooler”, que nada mais é do que um radiador que resfria o ar entre o compressor e a admissão, aumentado novamente a quantidade de oxigênio (ou sua densidade).

turbo_01

O constante desenvolvimento do motor turbo ao longo de mais de 100 anos, torna possível prever-se que o futuro dos motores à combustão interna esteja cada vez mais ligado ao turbo, pois esse equipamento permite o desenvolvimento de motores cada vez menores e, ao mesmo tempo, mais potentes. Uma tendência já denomidada “downsizing” que pode ser aplicada tanto em motores de ciclo Otto (gasolina, álcool, gnv, etc.) como de ciclo Diesel, buscando cada vez mais potência com menos consumo e emissão de poluentes.

Curiosidades sobre motores turbinados

– a Renault foi a primeira equipe de Formula 1 a usar um motor turbo em 1977, proibido em 1989 pela FIA.
– em 1973 a Porsche participou do campeonato Can-Am (canadense-americano) com o modelo 917/30, que desenvolvia mais de 1100 cv em condições de corrida (no dinamômetro, o motor turbo de 12 cilindros opostos e 5,4 litros chegou a desenvolver 1560 cv).
– a Porsche lançou o 911 Turbo em 1974. Foi o primeiro carro esporte de produção em série equipado com motor turbocomprimido.
– No Brasil, a Fiat é pioneira em oferecer motores turbo com os modelos Marea Turbo (182cv), Tempra Turbo/Stile (165cv) e Uno Turbo (118cv).

fonte: Wikipedia

27 Comments on "Motor Turbo. A história do turbo"

  1. ola eu qro saber oq faz aquele som de descarga do turbo ??

    • Olá Jefferson.
      O som ao que você se refere, acontece quando a válvula de alívio "solta" a pressão que a turbina estava mantendo sobre a admissão do motor.
      Isto acontece toda vez que você tira o pé do acelerador, quando a turbina estava em pleno funcionamento.

  2. Quem faz o barulho "espirro" é a valvula de prioridade não é ??

  3. a Renault foi a primeira equipe de Formula 1 a usar o turbo em 1977, proibido em 1989 pela FIA.
    – em 1973 a Porsche participou do campeonato Can-Am (canadense-americano) com o modelo 917/30, que desenvolvia mais de 1100 cv em condições de corrida (no dinamômetro, o motor turbo de 12 cilindros opostos e 5,4 litros chegou a desenvolver 1560 cv).
    – a Porsche lançou o 911 Turbo em 1974. Foi o primeiro carro esporte de produção em série equipado com motor turbocomprimido.
    – No Brasil, a Fiat é pioneira em oferecer motores turbo com os modelos Marea Turbo (182cv), Tempra Turbo/Stile (165cv) e Uno Turbo (118cv).

    e o motor supercharger que a Ford lançou anos atras não é semelhante aos modelos turbinados descritos nesta materia?
    acho que houve um equivoco em falar que a montadora de Turim , Fiat foi a primeira montadora aqui no Brasil a usar em seus carros esta tecnologia …

    • Olá Felipão.
      Não houve equívoco, não.
      O motor supercharger é equipado com compressor mecânico, que não usa turbina.
      De qualquer forma, o Uno Turbo da Fiat realmente foi lançado antes do Fiesta Supercharger.

  4. TENHO ASTRA 2.0 FLEX E ESTOU QUERENDO AUMENTAR SUA POTENCIA,VALE A PENA TRURBINAR E FINANCEIRAMENTE VALE MAIS O QUE??? O QUE VÇ ME INDICA .AGUARDO E-MAIL RESPOSTA.
    OBRIGADO

    • Olá Ricardo.
      Financeiramente, vale mais manter seu motor aspirado, visto que a superalimentação aumentará o consumo de combustível.
      As turbinas são uma solução para motores que PRECISAM de mais potência. Se você apenas QUER mais potência, deverá estar preparado para mais gastos com manutenção e consumo. A vida útil do motor também deverá ser severamente reduzida, pois o mesmo não foi projetado para receber este acessório.
      Logo, eu não recomendo que você instale turbo no motor do seu carro.

  5. Tenho um gol gts e gostaria de um pouco mais de potencia no motor oq vc me recomendaria?

    • Glauber
      Existem diversas formas de aumentar a potência do motor do seu carro. A instalação do kit turbo é apenas uma delas.
      Mas é importante que você procure uma oficina especializada em preparação de motores para um avaliação do estado geral do motor do seu Gol.

  6. olá eu queria saber qual a diferença do aspirado e o turbinado no caso (kit-turbo) , e queria saber qual a diferença de consumo depois de ser feiro em um motor 1.6 afinal aspirado ou turbinado aaaa e tb queria saber se o aspirado tb diminiu a vid útil do motor obg

    • Roberto
      Basicamente e falando de automóveis, motores aspirados são aqueles que não são turbinados, ou seja, o próprio motor é que “aspira” o ar a ser misturado com o combustível. Em resumo, a função do turbo é aumentar a pressão do ar dentro da câmara de combustão e, com isso, faz-se necessário mais combustível também, o que aumenta o consumo e a potência, obviamente.

      Quanto vai aumentar o consumo após a instalação do kit-turbo? Depende da regulagem feita na instalação.

      Teoricamente, a instalação de um kit-turbo é que deverá diminuir a vida útil de um motor que foi projetado para ser aspirado.

  7. a parte fria da minha turbina está mandando oleo para a pressurizaçao,ela é nova e nao tem folga e nao fumaceia nada o motor é novo,estou achando que é excesso de pressao no carter pois perdi recentemente o filtrinho que fica em cima do reservatrio de oleo que é de 1/2 litro e já o substitui,entao eu vou retirar a mangueira instalada no reservatorio de oleo e direcionar para a parte de baixo do carro para ver c noto alguma diferença,tô achando que o culpado é o reservatorio de oleo por ser muito pequeno.tem algum outro teste para eu fazer?será que posso retirar o mangote e acelerar o carro para ver c noto a saida de oleo pela turbina(fria)?ou com isso ela trabalharia despressurizada e largaria oleo mesmo?

    • Cleo
      Recomendo que você leve seu carro a uma oficina especializada em turbos. Fazer este tipo de teste sem saber qual o problema pode piorar ainda mais a situação e o reparo ficar bem mais caro.

  8. Tem como colocar somente aquele suspiro do turbo !

    sem a instalacao do msm … ou seja … somente o som da descarga ??

  9. Problema resolvido: era mesmo excesso de óleo no cárter. Retirei a mangueira do reservatório e não sujou mais.
    Mesmo assim, levei a turbina para a assistência e levei o carro para o meu preparador. Estou aliviado pois ambos ainda têm garantia.

  10. amigo, tenho uma saveiro 00/00 1.6 motor ap turbinada com 0,8 de pressão, ultimamente, não estou conseguindo passar dos 150 km/h. Ao acionar o turbo, a pressão do turbo que é de 0,8 esta indo até 1,5bar as vezes, e acima de 4 mil giros começa a falhar (travar) o motor. isso se da a valvula de alivio que está desregulada ou a falta ou excesso de combustível, devido a algum bico travado ou bicos sujos, bomba injetora, etc? obs. halmeter marcando mistura rica, e pressão de combustível quando acelerando marca até 4 bar de pressão…

  11. tenho um voyage1.6cht se eu turbinar o motor vai aguentar?
    vai durar muito tempo,e vai gastar mais em combultivel e manutençã?.a detalhe ele é a gasolina.por favor tire minhas duvidas sobre meu carro,obrigado.

    • Red.
      Pessoalmente, não recomendo a instalação de sistemas de superalimentação para uso particular e em motores que não foram projetados para tal.
      O preparador que fará a instalação do turbo é quem deve examinar o estado do motor e fazer esta avaliação.

  12. moises elias faria | 8 de novembro de 2011 at 19:20 | Responder

    tenho um fiat uno 2010, tenho notado que quando engato uma marcha fora do tempo, o motor da um barulho, como batendo pino, oque seria isto

  13. Ola boa noite Tenho um ford fiesta 2001 e estou temdo dificundade em achar o oleo do turbocompessor , o mesmo e um motor zetek rocam supercharge 1.0,
    caso possa me falar o nome do oleo e onde posso achalo ficaria muito grato.

    • Danilo.
      As informações que encontramos indicam que a Ford recomenda a troca do lubrificante do supercharger a cada 120 mil km. Você pode sim utilizar um lubrificante 0w-20 de outra marca, preferencialmente sintético, sem problemas. A especificação deste tipo de lubrificante pode ser vista neste documento: http://www.nyelubricants.com/pdf/605_copy2.pdf

      De qualquer forma, é interessante que você verifique a especificação indicada pela Ford que, possivelmente, comercializa este óleo sob o código ESE-M99C115-A
      A GM também comercializa este óleo com o código 12345982. O fabricante é a NYE Lubricants, que utiliza o código NYE 605.
      A empresa Würth, também tem este produto em seu catálogo. O seu mecânico, provavelmente tem o contato com o representante da Würth da sua região.

  14. vale a pena passar um tempra turbo stile para alcool ou melhor deixar na gasolina mesmo abraço

  15. Boa noite! Tenho uma F1000 ano 1986 motor MWM 229 me disseram q para turbinar não é necessario preparar (biela, pistão,arvore de manivelas) isso é verdade?

  16. Uma coisa legal é que o motor turbo faz uso da sua pressão positiva gerada para inclusive manter fechada sua válvula de prioridade e abrir a válvula da wastegate da turbina, responsável pelo overbooster, que é controlada por uma solenóide.

    Sobre o que já comentaram acima, durante a pressão positiva, a válvula de prioridade do veículo se mantem fechada. Após a queda da pressão, o diafragma da válvula se abre por difusão, fazendo com que o excesso da pressão retorne para a admissão (turbos originais de fábrica, F1, etc) ou ainda que sejam expulsos para a atmosfera (espirro).

  17. Alessandro Ferreira | 7 de dezembro de 2016 at 19:17 | Responder

    Boa noite. Eu gostaria de saber o que é e como acontece o “espirro” nessa linguagem “turbinada” . Obrigado.

    • Olá Alessandro.
      O som ao que você se refere, acontece quando a válvula de alívio “solta” a pressão que a turbina estava mantendo sobre a admissão do motor.
      Isto acontece toda vez que você tira o pé do acelerador, quando a turbina estava em pleno funcionamento.

1 Trackbacks & Pingbacks

  1. Eduardo Hoffmann

Comente este artigo

Seu email é obrigatório, mas não será mostrado.


*