Suspensão Elétrica: o fim das molas

Suspensão elétrica ativa Bose

Mais eficiente e mais barato que o tradicional e complexo sistema hidráulico de direção, já está consolidado nas montadoras o sistema de direção elétrica. Acabaram-se as mangueiras, compressores, correias e principalmente, os vazamentos.

Suspensão ativa elétrica Bose

SUSPENSÃO ELÉTRICA BOSE

Falando agora sobre suspensão, o grande desafio dos fabricantes de autopeças sempre foi atingir o melhor equilíbrio entre estabilidade ou conforto nos veículos. Para isso, em cada modelo surgiam as dúvidas: molas ou barras de torção? Amortecedores a óleo ou a gás? Com barra estabilizadora ou sem? E o grande dilema continuava: Quanto mais conforto, menos segurança e vice-versa. Ou se tinha um carro “preso ao chão” e sem conforto como os de corrida ou um carro confortável, molengão mas sem estabilidade. Adicionar conforto e estabilidade nos equipamentos ao mesmo tempo era impossível. ERA.

Após 20 anos de pesquisas, a BOSE, mundialmente conhecida pelos sistemas de som de alta qualidade, coloca nas pistas de teste o seu sistema de SUSPENSÃO ELÉTRICA.

Suspensão ativa elétrica Bose
Como já era de se esperar, as melhores idéias são as mais simples. O sistema é de montagem muito mais fácil, pois tem somente dois pontos de fixação, utilizando um Motor Eletromagnético Linear (LEM) no lugar do convencional conjunto mola-amortecedor. O LEM pode estender e comprimir em uma velocidade muito maior, eliminando praticamente todas as vibrações no interior do carro. O movimento das rodas pode ser tão suavemente controlado que a estrutura do carro permanece no mesmo nível, independentemente do que está acontecendo com as rodas.

Suspensão ativa elétrica Bose
Suspensão ativa elétrica Bose
Infelizmente, esse paradigma de suspensão só estará disponível a partir de 2010, quando será fornecido a um ou mais carros luxuosos de alto nível, como os Rolls-Royce. Como bons consumidores brasileiros que somos, só nos resta esperar nossa vez… Eu só realmente espero poder estar vivo (e podendo dirigir) pra poder comprar um carro com esse sistema.

UPDATE: 2013 chegou e a suspensão ativa é uma realidade. Não só a Bose, mas outros fabricantes desenvolveram tecnologias mais limpas e mais eficientes de suspensão e controle de veículos. Veja como funciona este tipo de suspensão em vídeo, no nosso canal do YouTube.

8 Comments on "Suspensão Elétrica: o fim das molas"

  1. É esperar os primeiros reviews para ver como essa suspensão se comporta. Isso me lembra a Fórmula 1 do início dos anos 1990, com as Williams "de outro mundo" (palavras de Ayrton Senna).

    E alguém aqui acha que a BOSE vai perder a oportunidade de vender a suspensão de maneira avulsa? Tuners, preparai-vos! 😈

  2. Estou aguardando. Quando isto acontecer, estarei visitando os ferros-velhos para adquirir um par para adaptá0los em meu fusquinha, que tem atéar condicionado.

  3. Queria saber se essa suspensao é como a suspensão a ar que ergue e abaixa o carro através de um botão ou controle… e se realmente vale a pena.

    Responde ae galera!!!

    • Walson.
      A idéia deste tipo de suspensão, não é estética mas eficiência.
      Ela não é nem de longe como a suspensão a ar, e não tem nenhum botão ou controle pra rebaixar o carro.
      Neste caso, se já estivesse disponível para o mercado de reposição, não valeria a pena.

  4. Eduardo. vc acha que suspensão hidraulica valeria a pena? pois a suspensão a ar todos falam que encomoda muito e tal. E se a susp. hidraulica não valer a pena, que tipo de suspensão vc indicaria para carro rebaixado?
    obrigado

    • Walson.
      Eu não indico nenhum procedimento que altere a estrutura dos veículos (como o rebaixamento), pois isto está diretamente relacionado a segurança sua e dos outros motoristas que estarão na mesma via.
      Quanto ao custo de manutenção, acredito que qualquer dos sistemas que você venha a utilizar em em carro rebaixado dará muito mais despesas que a suspensão original.

  5. Eu vim do futuro, e nao nao é uma realidade essa suspensao e muita gente nem conhece infelizmente

  6. Sou do futuro também..

    BOSE nem divulga essa suspensão mais.. muito cara, ninguém conhece!

1 Trackbacks & Pingbacks

  1. Eduardo Hoffmann

Comente este artigo

Seu email é obrigatório, mas não será mostrado.


*